Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida em caracteres

26
Jan14

A ingenuidade e a pureza da infância

Jessica

 

Quando somos crianças, tudo é perfeito, o céu, a terra, o mar, as cores... a vida!

A pureza e a ingenuidade da alma, tolda-nos a visão e isola-nos da verdade.

Não nos deixa ver as falhas do céu, a maldade da terra, os perigos do mar, a tristeza das cores ... a desilusão da vida.

A tristeza, a cobiça, a insegurança são sentimentos paralelos à realidade mágica em que vivemos e por isso, os dias são sorridentes, repletos de sol e tudo é motivo de brincadeira.

Mas que ingenuidade cruel é esta que não nos prepara para o que se segue? De que nos serve a pureza da alma a ocultar-nos os factos, se na realidade eles existem? Porquê? - Pergunto indignada e consciente de que apenas o vazio me ouve.

Momentos depois, focos de luz começam a surgir, palavras em forma de imagens parecem querer transmitir uma mensagem...

É então que compreendo o que a minha revolta teimava em reprimir.

Não importa que se seja ingénuo e não se compreenda a verdade, porque ser-se criança, significa isso mesmo,

 

Ser-se feliz, independentemente do que se segue!  

 

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D